O piso ideal para a sua casa: Conheça agora mesmo 9 tipos diferentes

Projeto autoral. Área de festas.
Viviane Minela

Escolher o piso da sua casa parece uma tarefa simples, mas requer alguns cuidados. Para você fazer a escolha certa vamos te apresentar 9 tipos de pisos que se encaixe melhor em cada ambiente.

O piso da nossa casa é um local muito importante, pois é onde brincamos com nossos filhos, pisamos todos os dias, acomodamos nossos móveis e objetos, onde nossos cães e gatos deitam e se divertem.

E no mercado encontramos uma variedade enorme de pisos, modelos, tamanhos, materiais e cores diferenciadas. E a escolha ideal é fundamental, pois o piso deve fazer composição com o restante do ambiente. Além disso, deve ter conforto e praticidade na hora da limpeza, deve ter a resistência e permeabilidade adequada para o espaço, entre outros fatores que são muito importante que podem acarretar problemas futuros, caso não seja a escolha correta.

9 Tipos de pisos para seu espaço

Além de todas características técnicas é importante que o piso esteja dentro dos gostos de quem vai morar, das prioridades e também do orçamento. Por isso, listamos aqui 9 tipos de pisos que  te direciona a escolha perfeita para o seu espaço.

1. Piso cerâmico

Este é o piso mais popular, pois existe a mais tempo no mercado. Pois, podemos encontrar uma variedade de modelos e tamanhos, desde peças lisas, amadeiradas e desenhadas. Contudo, é um piso com menor resistência e menor permeabilidade, podemos encontrar com preços baixos dependendo do modelo e marca.

Piso cerâmico imitando madeira.
Projeto autoral. Piso cerâmico imitando madeira. Foto: Dennys Manske

É um material que pode ser utilizado em áreas molhadas, internas e externas. Por isso, é importante identificar a resistência a abrasão caso seja um local com grande tráfego de pessoas ou veículos. Além disso, existem também os modelos retificados, que permitem um rejunte mais fino facilitando a limpeza do dia a dia.

2. Piso porcelanato

O piso porcelanato é um material com bastante semelhança com a cerâmica. Existem peças dos mais variados tamanhos e modelos. O que difere principalmente é a questão da resistência, o piso de porcelanato é feito com materiais nobres o que faz com que tenha menos permeabilidade e resistência elevada.

Piso porcelanato 120 x 60 imitando mármore brilho.
Projeto autoral. Piso porcelanato 120 x 60 imitando mármore brilho. Foto: Dennys Manske

Além disso, o porcelanato é o queridinho das residências, escritórios e comércios, e encontramos peças das mais caras as mais acessíveis. Por isso, nos projetos do nosso Studio eles ganham espaço em áreas sociais, íntimas e externas. Pois, podemos trabalhar com peças polidas ou acetinadas. Podemos citar algumas empresas da nossa região referência que  apresentam um produto espetacular como a Portinari, Eliane e Portobello.

3. Carpete

O piso em carpete é um material utilizado a muito tempo em ambientes residenciais, comerciais  e escritórios. Ele torna o local acolhedor, aconchegante e belo. Auxilia principalmente no isolamento acústico e térmico. Existe uma variedade de texturas e cores que podem ser inseridas de acordo com a necessidade do ambiente.

Carpete em dois tons de cinza.
Projeto autoral. Carpete em dois tons de cinza. Foto: Dennys Manske

Além da parte estética do material temos as características técnicas que devem ser definidas a partir da necessidade de cada projeto. Temos os carpetes de nylon, poliéster e polipropileno. Alguns para alto tráfego, outros com propriedades antialérgicas, com maior ou menor vida útil. É importante que se faça a escolha certa para garantir a função que você escolher para cada produto.

4. Piso laminado

Piso laminado é um piso que imita a lâmina de madeira. Ele é muito utilizado em áreas internas, em residências e áreas comerciais. A única ressalva é que deve ser mantido distante de contato com água e exposição contínua do sol.

Piso laminado imitando madeira
Projeto autoral. Piso laminado imitando madeira. Foto: Dennys Manske

É um material que pode ser aplicado sobre um contrapiso ou mesmo sobre um piso já assentado. Utilizamos preferencialmente em áreas íntimas como dormitório, área social, salas de TV, estar e corredores. O material proporciona ao ambiente aconchego e elegância, é resistente e fácil de limpar. Encontramos no mercado com preços variados e acessíveis o que faz com que seu uso seja frequente nos dias atuais.

5. Piso vinílico

Este é o piso queridinho do momento. Ele é produzido em PVC podendo imitar o formato de pisos porcelanatos ou mesmo os formatos dos pisos laminados. A grande vantagem é ser anti-ruído o que elimina aquele barulho de “toc-toc”q que o laminado faz.

Piso vinílico imitando cimento queimado.
Projeto autoral. Piso vinílico imitando cimento queimado. Foto: Dennys Manske.

É importante destacar que esse tipo de piso é aplicado sobre superfícies que devem estar bem niveladas. Ele pode ser colado ou aplicado com adesivo de fixação no caso de pisos elevados, chamado assim de piso vinílico autoportante. O piso vinílico é o grande concorrente do laminado, a diferença é a preparação do contrapiso e os valores.

Veja o case: Como, com um projeto de interiores, transformamos uma residência sem perder a personalidade dos moradores?

6. Cimento queimado

O cimento queimado é um tipo de piso que era muito utilizado em residências por conta do custo baixo. Contudo, hoje ele ganhou espaço nos mais diversos tipos de decorações, das mais simples às mais sofisticadas. O processo realizado da queima do cimento parece simples, mas exige mão de obra especializada, pois dependendo do profissional que for desenvolver o processo pode comprometer o efeito liso e ocasionar alguma trincas indesejadas.

Piso porcelanato imitando o cimento queimado.
Projeto autoral. Piso porcelanato imitando o cimento queimado. Foto: Dennys Manske

O piso de cimento queimado pode ser aplicado em qualquer ambiente. Além disso possui boa resistência e fácil limpeza. Pode ser pigmentado com cores diversas, é versátil e se encaixa perfeitamente tanto em obras rústicas quanto em obras contemporâneas. Encontramos hoje no mercado alguns materiais que imitam o piso de cimento queimado, entre eles porcelanatos e massas.

Saiba mais: Rötter Tips – Cimento Queimado

7. Ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico é um piso que pode ser chamado de mosaico e fez parte da decoração brasileira há anos. Por isso, é um tipo de piso que era muito utilizado em residências nos anos 20 e nos anos 50, voltando com uma nova cara nos últimos anos. Os ladrilhos são encontrados em diversos formatos e cores. Eles possuem resistência a tráfego e a umidade, fácil manutenção e limpeza.

ladrilho hidráulico
Piso em ladrilho hidráulico. Foto: Divulgação Pinterest

Normalmente utilizamos os ladrilhos hidráulicos compondo com outro piso. Pois ele é uma peça chave e se torna o foco das atenções, podendo definir estilo de um local. A estética vintage das peças é muito utilizada em projetos de estilo retrô ou em contemporâneos. Você encontra o produto com facilidade e preços variados..

8. Mármore

O piso de mármore é uma pedra com veios desenhados e é a opção mais luxuosa e elegante que existe. Tem uma rica história e é o material preferido por muitos arquitetos. Entretanto é pouco utilizada devido a sua resistência e custo. Podemos trabalhar com a peça como parte decorativa de uma sala, escadaria, optando sempre para a área interna dos ambientes.

Escada em mármore calacata. Imagem: Rötter Studio

Encontramos no mercado alguns pisos que imitam a pedra de mármore com tamanhos variados, maior resistência e melhores custos. Mas ainda há quem prefira a própria pedra pelo fato de ser única e incomparável. Podemos encontrá-las em diversos tamanhos e as tonalidades são variadas, irá depender exclusivamente da natureza, pois é uma pedra natural.

9. Granito

Diferentemente da pedra de mármore o piso de granito é uma rocha com muita resistência e com baixa absorção. É indicado para áreas internas e externas. Mas ainda assim possui  custo elevado ficando pouco competitivo com um piso de cerâmica ou porcelanato.

granito na área de serviço.
Piso de granito. Foto: Divulgação pinterest.

O diferencial do piso do granito é que também é uma peça única. Podendo ser polida ou não, e pode-se fazer de vários tamanhos, sob medida para o espaço.

E aí se inspirou com as possibilidades de pisos para colocar na sua casa?

Escolher o piso ideal com o auxílio de um profissional pode ficar mais fácil, e te ajudará a economizar tempo e dinheiro. Como esse é um material que não poderá ser trocado com facilidade, a escolha precisa ser adequada.

Podemos te ajudar,entre em contato conosco. Vamos ficar felizes em te ajudar na escolha perfeita.

Deixe seu comentário

Leia também: